Cicatricure

Eu não sei vocês mas antes de adquirir um produto eu sempre procuro resenhas e/ou vídeos sobre o mesmo para ter certeza de que ele é confiável, vejam bem que não é porque um produto teve uma resenha desfavorável que ele realmente não presta. Pessoas são diferentes entre si, cada um tem suas próprias expectativas, experiências e visões de mundo, por isso sempre me atento aos comentários e visito mais de um site sobre o assunto.

Sei que muitas vezes fazer um vídeo editado com música ambiente e um título chamativo pode ser mais interessante mas eu, como sabem, tenho certa dificuldade em me expressar, mesmo que haja um texto que eu tenha estudado de antemão eu sempre acabo me atrapalhando e não consigo passar ao meu público, já escasso, o que eu realmente quero, visto que a linguagem escrita é mais fácil pra mim.

Então resolvi utilizar da linguagem culta a qual domino para discorrer sobre um produto que sempre desejei usar mas nunca tive condição financeira, bem, a condição finalmente sorriu pra mim nesses dias loucos em todos temos vivido e eu finalmente pude comprar meu tão sonhado Cicatricure gel! O produto promete amenizar cicatrizes e estrias novas e antigas e sim, meus amigos, minha pele não foi poupada nem de uma coisa, nem da outra.

Seu preço varia de 30 a 40 Reais, motivo pelo qual nunca tinha podido comprar, visto que o tratamento mínimo para se conseguir resultados é de 6 meses, estejam cientes no entanto que se tratam de resultados meramente estéticos, visto que os tratamentos específicos para o meu caso estão muito além de minha conta bancária que, sabe-se lá como, ainda não zerou.

A primeira coisa que eu pude notar foi a textura da pele, que se tornou muito mais macia, coisa fácil de notar pois hidratação nunca foi meu forte, com 3 meses de uso notei que as estrias começaram a clarear, mesmo usando 3 vezes por dias e esquecendo algumas vezes até pegar o costume achei que foi até mais rápido do que eu esperava. Sabe quando a estria brilha contra a luz? Então, as minhas gritavam! Mesmo sem o costume de usar roupa curta ir à praia era um eterno exercício de amor próprio.

Meu problema eram as coxas e a lateral do bumbum e as benditas estrias me acompanham desde a adolescência, há muito tempo portanto, sabe aquela coisinha que você sabe que está lá o tempo todo te dando a constante lembrança de que seu corpo não é perfeito? O de ninguém é, claro, mas vocês entenderam o que eu quis dizer.

A embalagem do produto manda utilizá-lo 4 vezes por dia, o que me deixou confusa pois lembro claramente de ter visto num comercial a atriz dizendo que usou por 3 vezes; confesso que no desejo de ver o produto render mais optei pela primeira informação tendo em vista minhas finanças reduzidas devido a um tratamento de saúde imprevisto o qual vou discorrer noutra ocasião.

Com 6 meses de uso a diferença já era significativa e eu tenho fotos para provar! Sei bem que minha câmera não favoreceu muito e apanhei um pouco do editor até conseguir imagens minimamente decentes mas tenho certeza de que a diferença é nítida, seguem abaixo as fotos de antes e depois, espero que elas o ajudem nessa luta ingrata contra as imperfeições que todos nós possuímos e se pudermos nos tornar uma versão mais bonita de nós mesmo, porque não? Acho que vale à pena.

Quarentena

O mundo está em alerta, autoridades médicas estão buscando a cura ou pelo menos a vacina para o vírus que nos assola a todos, o Coronavírus, nomeado como Covid-19! O mesmo possui taxa de mortalidade inferior à Gripe A mas é muito mais contagioso, seus sintomas são inicialmente como os de uma gripe comum, evoluindo para febre alta e falta de ar, sintoma que está levando muitos aos hospitais que já começam a superlotar.

Descobriu-se que ele é mortal em pessoas de idade mais avançada e com problemas de imunidade e/ou respiratórios pré-existentes; de início foi considerado inofensivo até que se tornou realmente mortal, inclusive para pessoas que a princípio não se enquadrariam nos grupos de risco, quando isso ocorreu a única medida que se mostrou realmente eficaz foi a quarentena.

Pessoas cujo trabalho não era considerado essencial foram orientadas a ficar em casa e o uso de máscaras, inicialmente indicado à pessoas do grupo de risco e profissionais da saúde, foi indicado a todos, potencialmente problemático mas hipoteticamente simples, não é mesmo? Seria se os seres humanos não fossem tão complicados! Até nosso presidente, pessoa eleita para cuidar de nossos interesses, demitiu o ministro da saúde por discordar de suas ações, sendo as mesmas pautadas pela OMS, Organização Mundial da Saúde.

Não só nosso “querido” governante como muitos empresários, e até governantes de outros países são contra a quarentena total, segundo os mesmos, bastaria deixar em casa as pessoas em grupo de risco, sério, eles querem reabrir comércios, escolas, praças públicas, que foram fechadas durante a pandemia, e estaria tudo bem; só que não é bem assim, pessoas podem ser assintomáticas, ou seja, se contaminarem e não apresentarem sintomas, podendo assim contaminar pessoas de imunidade mais frágil os levando à morte, morte, entenderam?

A cada dia notícias vindas de outros países nos mostram a gravidade da situação, lugares onde os corpos começam a acumular pelas ruas, necrotérios lotados, corpos guardados em câmaras frigoríficas, covas coletivas sendo abertas, cenário só visto antes durante a grande Gripe Espanhola! Mesmo assim os céticos insistem que se as pessoas passarem muito tempo sem trabalho a economia vai quebrar, acontece que sem gente viva pra comprar não vai haver economia para retomar.

Sim, o cenário é crítico, pessoas perdendo empregos, pequenos empresários à beira da falência, filas enormes nas portas dos bancos para receber o auxílio emergencial cedido à duras penas pelo governo, 600 Reais por 3 meses, tudo isso se não formos lembrar do superfaturamento de produtos básicos como gás de cozinha, álcool em gel, indicado para a desinfecção das mãos, papel higiênico, sério, pra que as pessoas estão estocando papel higiênico? Todos parecem estar se preparando pra uma guerra.

A comparação com uma espécie de apocalipse é inevitável, só que eu acho que não é dessa vez que o mundo vai “dizer tchau”, passamos por momentos difíceis antes, recessão, hiper-inflação, congelamento da poupança, o brasileiro é forte, muitos de nós sobrevivemos à poucas e boas e vamos sobreviver a mais essa! O tempo passa, governos começam e acabam, militantes militam, fake news são compartilhadas e seguimos o baile!

Eu procuro me apegar às boas ações, pessoas que doam seu tempo e dinheiro a quem necessita, lives com doações pipocam na internet, tem gente ruim, tem muito mas também tem gente muito boa por aí, prefiro me apegar a isso do que que pensar que o mundo está à beira do colapso! Se por acaso algo acontecer e eu não estiver aqui amanhã, ou depois, ou daqui há alguns meses, será a vontade de Deus, não é? Nos apeguemos a Ele então, ou à qualquer entidade religiosa que você acredite, acreditar é bom, nos traz esperança.

Suzy e a hipocrisia

No último domingo foi veiculado no Fantástico uma reportagem com o conhecido Dr. Dráuzio Varela mostrando a vida de detentas trans num presídio masculino, basicamente o intuito da reportagem era mostrar as condições de vida das mesmas citando um dado que dizia que a maioria estava encarcerada por crimes de menor gravidade como roubo e furto.

Foram entrevistadas 3 detentas, uma conheceu o companheiro na prisão e se casou com ele, a segunda foi liberada durante as gravações e a terceira, cuja entrevista encerraria a reportagem, a Suzy, disse que não recebia visitas há cerca de 8 anos. Então o Dr. se compadeceu com a tristeza da mesma e a abraçou.

Eis que 2 dias depois um site divulgou o motivo de Suzy estar presa, ela abusou e matou um garoto de 9 anos, crime hediondo portanto… Como vivemos uma era de grande polarização, não faltaram pessoas criticando a emissora, “GloboLixo” é a tag que esses retardados usam, e o Dr. que não tinha nada a ver com a maneira como a reportagem fora conduzida, afinal listar os crimes delas, que já sofrem um preconceito terrível até da própria família, não vinha ao caso, foi duramente atacado.

Claro que a culpa não foi do Dráuzio que trabalha voluntariamente em presídios há 50 anos, nem da emissora ao meu ver; por favor, né? Vamos deixar de hipocrisia um pouquinho! Porque eu digo isso: Bom, dentre muitos comentário no twitter, a rede social onde sou mais ativa, surgiu um questionamento, “quem iria visitar um pedófilo?” pois eu te digo que muitos visitariam!

Vi certa vez uma reportagem numa emissora também de alcance nacional, que mostrava presos por crimes sexuais, inclusive pedófilos, na referida reportagem foram entrevistados alguns detentos e inclusive a mãe de um deles, o mesmo abusara da irmãzinha de 5 anos! Não sou mãe, portanto não posso dizer se faria o mesmo pois o que uma mãe sente só sendo mãe pra entender.

Eu acho engraçado que um pedófilo (a) trans merece todo o repúdio da sociedade enquanto um homem que cometeu crime semelhante recebe visita da mãe; não estou passando pano pra ninguém, crime é crime e a vítima merece respeito, a família da vítima também mas e se Suzy não fosse trans? Aposto que a mãe dele o visitaria, até cigarro levariam pra ele que eu sei!

Então não venham politizar a coisa toda fingindo que se importam com o garoto de 9 anos e sua família, que inclusive já foi entrevistada e até vaquinha já estão fazendo pra ela, que alega estar passando necessidade, muito altruísta, não é mesmo? Antes de seus crimes virem à tona até cartas estavam enviando pra ela, quer dizer, ela era menos criminosa antes do que é agora?

Cheguei a ler que a emissora tentou “pintar ela como santa”, quantos santos vocês conhecem que estão presos? Quem está lá é porque fez algo errado, uns de mais, outros de menos, nunca pensaram no assunto ou julgar é mais fácil quando se vive na ignorância? O Dr. pelo menos exercita diariamente a empatia no trabalho dele e você? Já exercitou a sua hoje? Ah tá, militar no descanso do eu lar com comida e roupa lavada é mais fácil.

Razões para acreditar

Eu sigo há cerca de um ano e meio uma conta no instagram chamada “Razões para acreditar”, que basicamente divulga boas notícias, como por exemplo: Uma mulher que pagou um lanche prum menino que vendia doces na rua, a criança que vendeu latinhas pra comprar material escolar, a que vendia salgadinhos pra reformar a casa, o pai que abriu mão de comprar um carro pra dar bicicletas de presente pros filhos, nossa, tem muita coisa!

Eram tantos os pedidos de ajuda e as histórias de pessoas extremamente necessitadas que eles acabaram criando uma conta exclusiva pra fazer vaquinhas, o “voaa_vaquinhadorazoes” para arrecadar dinheiro pra essas pessoas que tanto precisam e não raro elas acabam batendo a meta muito antes do prazo estipulado, olha só que legal! Inclusive eles têm um site também onde eles detalham as histórias de maneira mais completa e eu posso dizer que é uma leitura que vale muito a pena.

Lembra que eu disse que o ser humano nunca está satisfeito? Pois é, mesmo nessas contas incríveis sempre tem alguém pra reclamar da vida, é a pessoa reclamando que não leram a mensagem dela, sendo que eles devem receber milhares por dia, é alguém dizendo que a história é fake, tem até aquele hipócrita safado com aquele discurso manjado de que quem faz o bem não deveriam mostrar, que as pessoas só fazem isso pra se aparecer, ou “ganhar biscoito” como diz a gíria do momento, é sério gente?

Acho que alguma etapa da nossa evolução deu errado por que não é possível, será que desprendemos de confiar nas pessoas? Ou desacostumamos totalmente de ver coisas boas e ficar felizes com elas? E se ao invés de criticar e desmerecer nós nos juntássemos e fizéssemos algo de bom pelo mundo em que vivemos? Ele não é perfeito, claro que não mas quem faz ele zoado do jeito que está somos nós!

Claro que num mundo ideal crianças não precisariam vender latinhas pra comprar material escolar, nem salgadinhos pra reformar a casa, um pai não precisaria abrir mão do carro por bicicletas mas gente, não vivemos num mundo ideal, acordem! Pelos menos essas crianças estão aprendendo desde cedo o valor de um trabalho honesto, pior se estivessem roubando, não é verdade?

Cansei de ver essa histórias viralizarem e crianças ganharem festas de aniversário, adultos ganharem empregos, reforma de casas, tinha até uma família que morava num barco sem condição nenhuma e só depois da história ir ao ar a prefeitura tomou algum providência. Essas coisas devem ser registradas sim, essas pessoas já viveram muito tempo no limbo do descaso público e merecem ser mostradas, a sociedade precisava desse tapa na cara há muito tempo.

Se tem uma coisa que essa conta/site mostra é que no mundo existem muitas pessoas boas, pessoas que mudam o trajeto de casa pra ajudar um idoso perdido, pessoas que emprestam dinheiro sem esperança de retorno com um sorriso no rosto, tem muita história que realmente nos dá razões para acreditar que a humanidade ainda não está totalmente apodrecida pelo egoísmo e a hipocrisia que nos corroem dia-a-dia.

A Bio da conta é “Não é o mundo que ficou ruim, é você que não fica sabendo das coisas boas que acontecem” e isso é muito verdade! Não dá pra ligar a TV sem esbarrar num notícia triste de corrupção, descaso, desgraça mas não precisa ser assim, podemos escolher conteúdos que nos deem um respiro pra viver nesse mundo louco.

Minha mãe por exemplo parou de ter pesadelos desde que resolveu seguir minha dica de ouvir os hinos da igreja dela no youtube no lugar do programa policial que só aumentava ainda mais a sua ansiedade… Então é isso, que tal a gente reclamar menos e fazer mais? As boas ações estão nos pequenos gestos e o mundo só depende de nós pra ser um lugar melhor.

A vida não é um comercial do Omo

Eu sempre digo que a tecnologia deixou as pessoas preguiçosas e isso é verdade! Não vivemos mais sem aplicativos de conversa, máquinas de lavar, de secar, computadores, tudo isso é muito bom mas o ser humano nunca está satisfeito, não é mesmo?

Recentemente trocamos o fogão aqui de casa pois o acendimento automático pifou, de repente o uso constante de fósforos foi nos irritando por ser pouco prático e causar sujeira, tá certo que as bocas estavam pifando também mas vocês perceberam onde quero chegar, não é? Desacostumamos de usar um simples fósforo, coisa tão comum e indispensável anos atrás.

Há pouco mais de um ano trocamos a máquina de lavar que pifou também, ela até tinha conserto mas o próprio técnico aconselhou não valer à pena, então compramos outra. Vou falar a marca sim por que vi reclamações sobre ela e não acho justo pois é muito boa! É a máquina “Panasonic Active foam system 14 Kg” ela é diferente das outras por não ter aqueles pás que giravam limpando a roupa, ela lava com o sistema “DWS” que basicamente lava a roupa com jatos de água.

No começo confesso que não botei muita fé mas com o tempo de uso e análise do modos de lavagem fui aprendendo a usar; como toda máquina, cada modo de uso possui um tempo diferente então é preciso se programar pra lavar a roupa há tempo, por exemplo: No modo “Rápido” ela bate por 15 minutos e enxágua só uma vez, no “Dia-a-dia” lava normalmente e enxágua duas vezes; tanto no modo “Edredom” quanto no “Super sujo” ela deixa a roupa de molho por uma hora.

Fora os modos de lavagem ela possui botões extras para otimizar a limpeza, como o “Tira manchas” que deixa a roupa de molho por duas horas antes de enxaguar e o “Extra enxágue” caso seu sabão tenha um perfume forte ou o amaciante não seja de boa qualidade, sim eu já manchei muita roupa antes de descobrir isso! Além de tudo tem a “Limpeza do tanque” e “Economia de água”, vejam que o produto parece, e eu afirmo que realmente é, muito bom.

No entanto sempre tem aquela pessoa preguiçosa que acha que a mão vai cair se ela esfregar uma meia na mão, ou aquela calcinha de renda delicada que se lava só naqueles saquinhos, sabe? Essa pessoa literalmente pensa que a vida é um comercial de Omo onde as roupas entram sujas e saem brilhando da máquina; notem que eu não estou falando que o sabão é ruim, longe disso mas se você não souber usar a máquina ela não vai poder te ajudar.

Já vi desde vídeos reclamando de roupas estragadas, no qual a pessoa teve a desfaçatez de colocar toalha de banho junto com camisetas até reclamações do tempo de lavagem, três horas se usar o “Tira manchas”, reclamando que gastaria muita luz, o que nem é verdade pois meu consumo não teve alteração. Eu lavo roupas há mais de trinta anos e posso dizer que sei bem como se lava uma roupa! Sei como é deixar a roupa ensaboada para terminar de lavar no dia seguinte, sei como é esperar dias até uma calça jeans secar sem secadora, então acho que sei do que estou falando.

Sei bem como é corrido o dia-a-dia da mulher moderna que tem que se virar em cinco pra dar conta da casa, do trabalho, filhos, marido mas pensa bem, dá para separar as roupas mais sujas e deixar de molho para estender no dia seguinte, dá para tirar alguns minutos e ler o manual de instruções que não dói não, não dói aprender a usar um produto novo, você pode fazer isso!

O que não pode é difamar a imagem de uma empresa séria só porque te deu preguiça de aprender a usar uma máquina de lavar, se eu aprendi todo mundo aprende, afinal há pouco tempo atrás eu ainda perdia tempo pré lavando roupas na mão, até faço isso quando preciso mas sei que posso facilitar o meu dia e você pode também, todo mundo pode.

Eleições 2018

Pois é, minha gente, estamos em pleno período eleitoral, o que só por si já é um momento tenso na vida de qualquer país mas esse momento no entanto se tornou no mínimo peculiar pois vivemos em plena era das tão propaladas “fake news”, notícias falsas compartilhadas sem bom senso nenhum pela internet.

Um dos candidatos em especial tem um discurso no mínimo radical, tendo protagonizado cenas polêmicas de homofobia e machismo, chegando a falar numa entrevista que “mulheres têm que ganhar menos por engravidarem” ou que “preferia que meu filho morresse num acidente do que ser gay”; claro que ao ser perguntado ele sempre dá a resposta básica de que “foi mal interpretado”, clássico.

Tal discurso por mais politicamente incorreto que pareça angariou muitos seguidores, pois infelizmente tais ideias são compartilhadas por parte da população, só não se sabia até que ponto, só que agora essas pessoas estão começando a dar medo; começaram a chover ameaças de morte à pessoas que se atrevem a defender o candidato contrário, que é do PT que anda numa fase nada boa ultimamente, o que já se concretizou infelizmente.

Para piorar ainda mais o clima que já se encontrava suficientemente tenso, o candidato do discurso radical foi esfaqueado na barriga durante uma passeata em Minas Gerais, o mesmo passou por 2 cirurgias tendo que usar uma bolsa de colostomia por algum tempo; bem, mesmo com percalços imprevistos e tendo que fazer campanha pela internet ele passou para o segundo turno com uma votação bem expressiva.

Foi durante o primeiro turno da eleição que choveram fake news de todos os lados, vídeos de fonte duvidosa com urnas viciadas com o número do concorrente, urnas sendo destruídas, urnas que foram compradas com o nosso dinheiro dos impostos, parabéns aos envolvidos, chegaram ao ponto de fazer campanha pelo voto em papel, incentivada pelo candidato é claro, o que eu particularmente acho desnecessário, estamos no século 21, façam-me o favor!

Ainda me lembro como eram as urnas antigas, se levava mais de uma semana para se contar o voto do país inteiro, sério que vocês querem mesmo isso? Tudo bem instituirmos o voto impresso com uma prova de que o voto foi computado, como recurso adicional de segurança mas não vamos voltar atrás no tempo, por favor, até por que a fraude naqueles tempos era muito mais recorrente.

Com todos os percalços citados acima a eleição foi realizada e teremos segundo turno, o que causou novo problema, o Brasil foi dividido entre petistas e “Bolsominions” como são chamados os seguidores sem noção do candidato radical. Há denúncias de violência e notícias de cunho duvidoso vindo de ambos os lados, o que eu acho uma pena, deveríamos discutir política democraticamente sem levar pro lado pessoal, pessoas estão se bloqueando, famílias se dividindo, isso é certo?

Daqui há pouco um dos dois candidatos se elege, segue seu caminho e aí, tu vai mesmo ficar brigado com o seu irmão, pai, amigo por causa de política? Ninguém que ganhar vai pensar em você, ninguém pensa! De minha parte estou pensando seriamente em anular meu voto pois não me identifico com nenhum dos dois programas de governo; não quero o povo armado nas ruas, nem o país comandado de dentro da cadeia, que é o que vai acontecer se o PT ganhar, também não acho que se instituirão o “fascismo” nem o “comunismo”, outra coisa que estão discutindo na internet, o que eu acho surreal afinal, até que se prove o contrário, ainda vivemos numa democracia, por isso teremos eleições, não é mesmo?

GREVE

Eis que quando eu pensava que a natureza humana não poderia mais me surpreender, cai uma bomba na minha cabeça, aliás, na cabeça de todos os brasileiros, a greve dos caminhoneiros! Claro que eu sei que a greve é um direito assegurado pela CLT (Confederação de Leis do Trabalho) e eu não estou questionando isso.

Só que o governo brasileiro, pra variar, subestimou o poder de mobilização dessa classe de trabalhadores que há muito reclamavam das péssimas condições de trabalho, tais como o preço irrisório do frete, que por sua vez se esvai com o preço abusivo do óleo diesel, isso sem contar na manutenção dos caminhões avariados pelas péssimas condições das estradas.

Quem vir de fora pode dizer: “Qual o problema? São reclamações bem justas e a greve já era de se esperar!” Realmente já era mesmo de se esperar; inclusive o presidente tinha recebido a pauta de reivindicações numa carta que avisava sobre uma possível greve, isso no final do ano passado, mais de 6 meses portanto!

Com linhas férreas abandonadas e corroídas pelo tempo e o transporte fluvial mal aproveitado a maioria dos artigos de primeira necessidade como alimentos, ração animal, remédios e insumos em geral vêm pelas estradas nos caminhões! Havia até uma parte dos trabalhadores que pretendiam continuar trabalhando mas a ala mais radical, por assim dizer os proibiram de continuar seu trajeto, os mantendo literalmente presos nas estradas…

Há relatos de ameaças de morte, depredação e a situação que já não poderia ser pior, se agravou com um grupo de pessoas, que nada tinham a ver com o protesto, começou a partir pra agressão física mesmo, caminhões foram avariados e até jornalistas de uma grande rede de TV foram agredidos, desculpem mas pra mim quem faz isso não é grevista, é bandido!

Cenas chocantes não param de acontecer, por exemplo, um homem quase arrancado de seu caminhão, levando socos na cara e tendo a sua camisa rasgada, é sério isso? Essa gente parece não ter mãe pois se eu ou algum dos meus irmãos sequer pensasse em fazer isso levaria uma surra em pensamento da minha mãe, essa geração sente a falta é de uma boa surra!

Enquanto eu assitia atônita uma cena mais absurda do que a outra, uma notícia no fim da tarde me entristeceu totalmente: Um caminhoneiro foi morto à pedradas pois jogaram uma pedra gigante em seu veículo, cara, me diz como isso pode ajudar a abaixar o preço da caralha do diesel? Desculpem-me a expressão mas sinceramente, quando pessoas começam a morrer tudo o que foi conseguido (46 centavos de desconto) foi por água abaixo.

Como se não bastasse tudo isso, os pequenos produtores estão sofrendo vendo seus animais morrendo de fome pois a ração não chega às granjas, galinhas estão morrendo e os porcos mal aguentam levantar do lugar! Como pode uma pessoa ser assim tão egoísta de ver que essa droga de greve só ferrou com os pequenos? São sempre eles, nós, vocês que se ferram com tudo isso! Pois nosso querido governo tá pouco se lixando pra nós, ele só quer roubar cada vez mais.

Isso sem contar na fila de pessoas desesperadas pra abastecer porque faltou combustível no país inteiro, o que por sua vez ocasionou uma alta de preços além do normal; inclusive minha mãe pagou 80 reais num botijão de gás há 5 dias atrás, o mesmo estava sendo vendido à 65 hoje. O povo ao invés de se ajudar está ferrando com o próximo e eu fico puta com isso!

Por fim eu não posso deixar de mencionar os posts sobre a paralisação, que foi devidamente narrada passo-a-passo nas redes sociais, li frases que simplesmente me deram vontade de entrar na tela do PC e esganar a pessoa que escreveu! Coisas do tipo: “Queremos intervenção militar!” e “Vamos protestar não assistindo a Copa!” ou “Por que fez fila no posto de gasolina? Vai de ônibus!”

Bem, meu pai, um idoso de 67 anos, está pegando transporte público pra ir trabalhar, logo ele que trabalhou honestamente a vida inteira e tem que complementar a renda pois o salário mínimo da aposentadoria não dá pra nada, logo ele que com muito custo comprou um carrinho usado pra ter algum conforto no fim da vida tem que passar por uma humilhação dessas! Ele trabalha em serviço pesado que exige ferramentas específicas que não são muito leves pra se carregar nas mãos, o carro é algo muito importante na vida dele.

É muito fácil militar pelas redes sociais e criticar pessoas que você nem conhece; pessoas morreram no tempo da ditadura, ela não foi uma coisa legal, um homem de família morreu com uma pedrada na cabeça, e quem vai sustentar os filhos dele agora, você, militante de 16 anos de idade? Os que morreram durante o regime militar pelo menos morreram lutando por um país melhor, pra você ter a liberdade de escrever essas groselhas na internet… Mas você não se importa né? Prefere militar contra o “governo golpista” e a “imprensa golpista”, assim é fácil, não é mesmo? Como eu sempre digo, a falta de empatia das pessoas não cansa de me surpreender.

Dias negros

07/04/2018

Hoje vivemos um episódio triste da história do nosso país, Luís Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil por dois mandatos foi preso na noite desse sábado da data corrente. Depois de inúmeros escândalos de corrupção que inclusive levaram ao impeachement da presidente Dilma Roussef, sua aliada, ele foi julgado e condenado por um juiz federal, coincidentemente aqui na minha terra natal, Curitiba.

Na ordem de prisão o juiz em questão deu um prazo de cerca de 24 horas para que o réu se entregasse, o que o mesmo fez somente 50 horas depois da sentença. Por si só tal demora já seria de se estranhar vinda de alguém que outrora jurou respeitar a constituição na sua totalidade.

O que me indigna de tal forma que eu nem mesma posso expressar em palavras, foi o discurso subversivo que tal ex-governante espalhou aos seus correligionários, entre eles o sindicato dos metalúrgicos, do qual o mesmo outrora fora líder e movimentos sociais, tais como o movimento dos sem-terra, atacando a imprensa e os ministros que negaram o seu habeas corpus.

Confesso que me abalou bastante o fato de que tais movimentos fizeram uma espécie de mobilização pela internet para que a ordem judicial não fosse cumprida, “Não vamos deixar ele se entregar”, era o que diziam… Como se um julgamento com todos os direitos de defesa assegurados pela constituição que o condenado jurara respeitar fossem mera perseguição política.

Nesse ínterim, cenas de pura subversão começaram a se espalhar pelo país: Um homem favorável à prisão fora surrado e se encontra numa UTI com a cabeça literalmente quebrada, repórteres foram hostilizados e até mesmo agredidos no exercício de sua função, isso em pleno dia do jornalista! Até mesmo o prédio onde a ministra do STF, doutora Cármen Lúcia, foi pichado com tinta vermelha, têm sido dias difíceis.

Ficar on-line nesse dias tem sido difícil, o discurso de seus apoiadores beiraria à comédia se não fosse terrivelmente preocupante; frases do tipo: “Imprensa golpista, vocês são contra o Brasil” ou “Ele tirou o Brasil da fome e colocou os pobres nas universidades!” e outros argumentos dignos de pena. Pessoas ainda passam fome, quem faz compras no mercado sabe que o tão propalado “Bolsa-família” não dá nem pro gasto; e quanto às universidades, estão em sua maioria sucateadas e as greves são constantes.

Não nego que há alguns anos atrás eu fui seduzida pelas promessas de um país próspero, livre da fome, com saúde, educação e justo para todos… Sonhos lindos que foram frustrados a cada nova denúncia de corrupção e foram muitas, com o tempo a gente cansa de se iludir e principalmente, de ser iludida, a ficha caiu, como se dizia antigamente.

Muitos estão comemorando, na minha cidade soltaram-se fogos de artifício e até abriram champanhe, afinal não é todo dia que um ex-governante de uma nação como a nossa é condenado, quiçá preso! Mesmo assim eu não vejo motivos pra comemorar; ver um grupo de pessoas totalmente alienadas segurando um portão para que o condenado não saísse da sede do sindicato no qual o mesmo se abrigou ao invés de cumprir seu papel de homem e se entregar logo, me deixou preocupada com o rumo que estamos tomando.

Chegaram a comparar o condenado à líderes históricos como Mandela e Matin Luther King, vejam só que absurdo! Ele até pode ter feito coisas importantes no passado mas acabou se perdendo no caminho, até por que, coisas boas não anulam automaticamente as coisas ruins! Admirar alguém é bonito e até mesmo saudável mas quando isso se torna uma adoração obsessiva se torna fanatismo e é isso que temos visto nas ruas nesses dias.

Vivemos dias negros, amigos e eu temo pelo futuro dos que nos precedem, será que eles vão saber a diferença entre certo e errado? Vão entender que bater em alguém que pensa de forma diferente é normal? Que incitar violência é uma forma legítima de se manifestar? Será que eles vão poder se manifestar? Li hoje que um candidato à presidência apóia o armamento da população e pretende dar ordem à polícia pra matar, como se eles não matassem o suficiente!

Não estou soltando fogos, nem bebendo champanhe, acho triste que cheguemos  ao ponto em que noções básicas de comportamento estejam tão esquecidas; não matar, não roubar, não sugerir que a ministra da mais alta corte seja assassinada, sim, eu também li isso! Sou de um outro tempo e acho mesmo que essa geração foi estragada, eles têm tanta informação mas acho que isso só os deixou ainda mais perdidos, precisando de alguém pra seguir cegamente e isso é muito perigoso pois estão seguindo as pessoas erradas.